0800-591-1015Painel do Cliente

Notícias

Amazon testa uso de drones para fazer entregas expressas no futuro

A Amazon está fazendo testes com drones - veículos aéreos inteligentes autônomos - para fazer entregas expressas de encomendas em até 30 minutos. A informação foi dada na noite deste domingo, 1/12, pelo CEO da empresa, Jeff Bezos, em entrevista ao jornalista Charlie Rose no programa "60 Minutes" da rede CBS.

"Eles são drones, mas não há nenhuma razão para que não sejam usados como veículos de entregas... Eu sei que parece ficção científica mas não é. Estamos a alguns anos de ter funcionando, mas teremos", disse Bezos na entrevista.

O novo serviço de entregas foi batizado pela Amazon de "Prime Air". Segundo Bezos, o consumidor poderá fazer certos pedidos solicitando a entrega expressa e terá o produto em casa em 30 minutos. A encomenda é colocada em uma caixa plástica acoplada ao "octóptero" (como está sendo chamado o drone) que levanta vôo direto para a casa do cliente, sem necessidade de operador humano.

Bezos acredita que terá drones totalmente autônomos em operação dentro de quatro a cinco anos. Segundo o empreendedor, há questões regulatórias a serem resolvidas, bem como inúmeros testes de funcionamento. "A parte mais difícil é trabalhar na confiabilidade e na redundância de todos os sistemas que permitam dizer que o drone não vai pousar na cabeça de uma pessoa que esteja na vizinhança", disse Bezos.

"Antes de 2015 não veremos o projeto em prática porque primeiro teremos de aprovação e regras da FAA (Federal Aviation Administration). Seria muito otimista. Mas poderia ser dentro de quatro a cinco anos. Vai funcionar e vai acontecer e vai ser muito divertido", disse o empreendedor

O executivo tinha avisado antes da abertura do programa que teria "uma surpresa" para divulgar. A Amazon se preparou direitinho e já tinha pronta uma página na qual mostra um vídeo com o teste de funcionamento e fotos do drone.

Fonte: UOL

2003 - 2019 © Mafraweb - Soluções para internet